Dario Oliveira/Anadolu Agency/Getty Images

Em busca de uma Estratégia Global para Refugiados

BRASÍLIA – Na próxima semana, líderes da América Latina e do Caribe se reunirão no Brasil para discutir soluções para a crise global de refugiados. Países observadores, organizações internacionais e representantes da sociedade civil também participarão do diálogo, que está sendo organizado pelo governo brasileiro e pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados.

O objetivo do encontro de dois dias é formular novas estratégias para assistir milhões de pessoas deslocadas na região e ao redor do mundo. Nossas conclusões farão parte da contribuição regional para um novo “pacto global sobre refugiados”, que será apresentado à Assembleia-Geral das Nações Unidas em setembro deste ano.

Enfrentar a difícil situação que vivem os refugiados é um dos maiores desafios que a comunidade internacional enfrenta atualmente. Com mais de 65.6 milhões de pessoas expulsas por violência, desastres naturais e dificuldades econômicas, há mais pessoas deslocadas no mundo hoje que imediatamente após a II Guerra Mundial. Mas, como nenhum país está imune às consequências associadas a grandes movimentos de refugiados, apenas uma resposta coordenada pode amainar o sofrimento. Ao invés de fechar fronteiras, como alguns governos fizeram, a comunidade internacional fará melhor trabalhando conjuntamente para encaminhar o problema dos deslocamentos forçados pelo mundo.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To access our archive, please log in or register now and read two articles from our archive every month for free. For unlimited access to our archive, as well as to the unrivaled analysis of PS On Point, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/vDfS0EV/pt;

Handpicked to read next

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.