Matthew Horwood/Getty Images

O próximo ponto de viragem da luta climática

PARIS – No mês que vem, a Cimeira Global de Ação Climática – um dos maiores encontros internacionais sobre as alterações climáticas que o mundo já viu – terá lugar em São Francisco. O evento, cujo tema é “Take Ambition to the Next Level” tem como objetivo servir de trampolim para medidas urgentes que permitirão ao mundo cumprir os objetivos definidos pelo Acordo de Paris sobre as alterações climáticas, em 2015. É uma excelente oportunidade para fazer progressos nos esforços para combater o aquecimento global, mas só pode ser aproveitada com a participação de todas as partes interessadas.

Com o Acordo de Paris sobre as alterações climáticas, a comunidade internacional concordou em limitar o aumento da temperatura média global para 2° Celsius – e idealmente para 1,5 °C – acima dos níveis pré-industriais. Para isso, os governos nacionais ficaram encarregados de desenvolver os seus próprios planos de ação climática, denominados: Contribuições Nacionais Determinadas (NDC).

Mas os governos nacionais não podem fazê-lo sozinhos. Toda a gente – inclusive de todos os setores do governo, bem como líderes empresariais, investidores e sociedade civil – têm de contribuir. Isto pede uma nova forma de multilateralismo inclusivo – uma forma que também possa ser aplicada para se atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que complementam os compromissos do Acordo de Paris.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

Get unlimited access to PS premium content, including in-depth commentaries, book reviews, exclusive interviews, On Point, the Big Picture, the PS Archive, and our annual year-ahead magazine.

http://prosyn.org/rYrfH7W/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.