sachs326_G20 Saudi ArabiaHandout to Xinhua via Getty) (Xinhua via Getty Images_g20saudiarabia G20 Saudi Arabia/Handout to Xinhua via Getty

G20: Cura-te a ti Mesmo

NOVA YORK – Os ministros das Finanças do G20 se reunem nesta semana sob os auspícios da Arábia Saudita, que detém a presidência do grupo este ano. Mas é difícil imaginar países do G20 liderando o mundo, como eles gostam de fazer de conta que fazem. A maioria deles não tem condições de efetivamente liderar a atual crise do COVID-19.

Como são as maiores economias do mundo, os membros do G20 têm primordial responsabilidade na próxima reunião: concordar nas às ações para suprimir a pandemia. Alguns poucos países do G20 estão se saindo bem. Os países retardatários precisam tomar urgentes medidas para impedir a propagação do vírus. Todos os países do G20 precisam cooperar nas políticas de escala global para superar a crise da saúde.

É preocupante a visão geral dos países do G20. Muitos são tão mal governados que foram totalmente incompetentes em conter a pandemia. A julgar pelos dados das duas últimas semanas, o maior fracasso do G20, com 176 novos casos, todos os dias, por milhão de habitantes, o Brasil, liderado pelo imprudente populista Jair Bolsonaro, ele próprio agora tendo contraído o vírus. O segundo maior fracasso são os Estados Unidos, liderados pelo Bolsonaro do norte, Donald Trump, com 137 novos casos por dia, por milhão de habitantes. Os outros dois países do G20 com mais de 100 novos casos por dia por milhão de habitantes são a África do Sul (129) e a Arábia Saudita (112).

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

or

Register for FREE to access two premium articles per month.

Register

https://prosyn.org/OC3ye6Ppt