9

O Fed Sob Ataque

CAMBRIDGE – A Reserva Federal está sob ataque. Decretos que sujeitam o banco central dos Estados Unidos a uma “auditoria” do Gabinete de Contabilidade Governamental serão provavelmente aprovados por ambas as câmaras do Congresso. Também está a ser considerada legislação que fixaria a uma fórmula pré-determinada o modo como o Fed define as taxas de juro.

Quem estivesse alheado do ataque iminente só precisava de ouvir a reprimenda recebida recentemente no Capitólio pela Presidente do Fed, Janet Yellen. Os Membros do Congresso criticaram Yellen por se encontrar em privado com o presidente e com o secretário do tesouro, e acusaram-na de envolver-se em questões tangenciais à política monetária.

Outros ainda, como Richard Fisher, o presidente cessante do Fed de Dallas, insurgiram-se contra o papel especial do Banco da Reserva Federal de Nova Iorque. Como reflexo das pesadas responsabilidades regulatórias do Fed de Nova Iorque, devido à sua proximidade ao centro financeiro, o seu presidente tem assento permanente no Comité Federal de Mercado Aberto, o órgão que define a taxa de juro de referência do Fed. Isto, avisam os seus detractores, confere a Wall Street privilégios na operação do Sistema da Reserva Federal.

Finalmente, alguns apontam que os banqueiros dominam os conselhos de direcção dos Bancos da Reserva regionais, fazendo parecer que as raposas estão a guardar o galinheiro.