kdixon1_Irfan Khan  Los Angeles Times via Getty Images_solar power Irfan Khan/Los Angeles Times via Getty Images

Um roteiro para a descarbonização

LONDRES – O nosso desafio climático é um desafio energético. Mas a resolução do nosso desafio energético requer uma acção que ultrapassa em muito a produção de energia.

A energia solar e a energia eólica revolucionaram o nosso sistema energético. Mas com o sector energético a fornecer apenas 20% da nossa energia, a mera produção de mais electricidade verde não nos permitirá chegar às emissões líquidas nulas de dióxido de carbono até meados do século. Nem a conversão de energia renovável em fornecimentos de larga escala de hidrogénio verde será um remédio milagroso. Os nossos navios, aviões e comboios não estão configurados para isso, e os incentivos económicos ainda não estão a mover-se na direcção correcta.

O nosso desafio energético é também um problema de procura de energia. A concretização das nossas ambições climáticas colectivas requer transições rápidas e profundas em cada um dos sectores que contribuem para a procura global de energia, e que incluem não só a energia, mas também os transportes, a manufactura, a siderurgia e a indústria química. Conseguir que estas transições se dêem ao ritmo necessário implica uma transformação completa da nossa infra-estrutura energética. Para tal, serão fundamentais três prioridades em particular.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

or

Register for FREE to access two premium articles per month.

Register

https://prosyn.org/uLSPIvPpt