hoyer3_matejmo_getty images_global matejmo/Getty Images

O poder do financiamento público verde

LUXEMBURGO – Os legisladores e especialistas têm desesperado com as crises que afligem a União Europeia, defendendo que esta está a ficar para trás no confronto com ameaças importantes à sua sobrevivência no longo prazo. Porém, na questão das alterações climáticas, nada poderia estar mais longe da verdade. Em meados de Novembro, os estados-membros da UE demonstraram que conseguem aderir a uma visão conjunta de um futuro de baixo carbono. E as instituições europeias já lideram a luta contra as alterações climáticas a nível global. Entre estas, o Banco Europeu de Investimento desempenhará agora um papel ainda mais importante como instrumento de descarbonização da economia e de limitação do aquecimento global a bem menos de 2 °C acima dos níveis pré-industriais.

As alterações climáticas constituem a principal questão política do nosso tempo. Os cientistas estimam que, se permanecermos no nosso rumo actual, testemunharemos um aquecimento global entre 3 a 4 °C até ao fim do século, altura em que grandes porções do planeta estarão inabitáveis. Associado ao crescimento demográfico, o impacto sobre o bem-estar humano e os fluxos migratórios seria catastrófico. As emissões de carbono atingiram valores recorde em 2018, mostrando que precisamos urgentemente de intensificar a nossa resposta.

A transição para uma economia de baixo carbono não será possível sem um enorme investimento. Mas os escassos recursos públicos não serão suficientes para financiá-la. Em vez disso, temos de alavancar os fundos públicos para a mobilização de capitais privados. A nova Comissão Europeia liderada pela Presidente Ursula von der Leyen compreende isto. Para prosseguir um Acordo Verde Europeu, von der Leyen pediu ao BEI para ser o mecanismo financeiro da transição para o baixo carbono.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

Get unlimited access to PS premium content, including in-depth commentaries, book reviews, exclusive interviews, On Point, the Big Picture, the PS Archive, and our annual year-ahead magazine.

https://prosyn.org/wgjSPOIpt;