farmer hands phone Godong/Universal Images Group via Getty Images

Aproveitar a Revolução Digital para o desenvolvimento sustentável

JOANESBURGO/NOVA IORQUE – A digitalização financeira - a transformação a nível de sistema da revolução digital de todo o ecossistema financeiro - poderia catalisar os esforços globais para financiar o desenvolvimento sustentável. De acordo com o McKinsey Global Institute, o uso ampliado de tecnologia financeira pode impulsionar o crescimento nos países em desenvolvimento em até 3,7 biliões de dólares, até 2025, graças principalmente ao aumento dos ganhos de produtividade e da inclusão financeira mais alargada.

Mas, se for para cumprir as promessas da digitalização, o mundo precisará de alinhar mais estreitamente as estratégias de financiamento e investimento com os resultados do desenvolvimento sustentável. No mês passado, o Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, reuniu um grupo de trabalho para o financiamento digital, para enfrentar este complexo desafio. Temos a honra de servir como copresidentes neste esforço global.

Por razões óbvias, o financiamento é a chave para se alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e cumprir as metas de emissões estabelecidas pelo Acordo de Paris sobre alterações climáticas de 2015. Mas, embora as poupanças globais sejam mais do que suficientes para alimentar a transição para o desenvolvimento sustentável, o sistema financeiro global até agora não conseguiu intermediar efetivamente a oferta e a procura. O sucesso modesto que alguns países alcançaram no financiamento do desenvolvimento sustentável não foi proporcional à necessidade.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

or

Register for FREE to access two premium articles per month.

Register

https://prosyn.org/uZJDGrApt