O imperativo da educação mundial emergente

NOVA DELI – As delegações oficiais dos nove países em desenvolvimento com a maior população do mundo, reuniram-se em Nova Deli para discutirem um assunto vital para o futuro dos seus países: a educação. O encontro dos ministros, e outros, de Bangladesh, Brasil, China, Egipto, Índia, Indonésia, México, Nigéria e Paquistão, conhecidos como o grupo E-9, é o último de uma série de recontros que se realizam de dois em dois anos, para satisfazer o compromisso da “educação para todos” até 2015.

O grupo E-9 contabiliza 54% da população mundial, 42,3% de crianças que não frequentam a escola, 58% de jovens analfabetos (entre os 15 e os 24 anos) e 67% de adultos analfabetos (dois terços dos quais são mulheres). Por isso, os desafios são enormes: crianças, provenientes de famílias demasiado pobres para pensarem na educação, fora do alcance da escolaridade e demasiado subnutridas para estudar; e muito poucas escolas, salas de aula, recursos de ensino e professores com formação adequada. A iliteracia desenfreada sustenta outros problemas, inclusive a explosão de populações, o desequilíbrio de géneros e a pobreza generalizada.

A Índia é um bom exemplo de como estes problemas devem ser abordados. Há uma década, 30 milhões de crianças indianas não andavam na escola; hoje, o número é de três milhões. A Lei do Direito à Educação de grande alcance, que obriga os governos estatais e centrais a proporcionarem (como um direito constitucional) oito anos de educação obrigatória e gratuita a todas as crianças com idades entre os seis e os 14 anos, teve um grande impacto. E as refeições gratuitas na escola, a meio do dia, são um poderoso incentivo para as crianças de famílias pobres frequentarem a escola e permanecerem lá.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To access our archive, please log in or register now and read two articles from our archive every month for free. For unlimited access to our archive, as well as to the unrivaled analysis of PS On Point, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/sSbELuk/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.