hausmann95_TIMOTHY A. CLARYAFP via Getty Images_vaccine protest TIMOTHY A. CLARY/AFP via Getty Images

Procura-se liderança global nas vacinas

CAMBRIDGE – Em equipa que ganha não se mexe, diz o conhecido rifão. Mas o actual plano de vacinação do mundo não está propriamente a “ganhar”, e ninguém parece estar a mexer nele, apesar das consequências desastrosas para as vidas, as subsistências e a economia global.

Supostamente, este seria o ano da recuperação. Mas, numa perspectiva epidemiológica, está a caminho de ser pior que 2020, e a dinâmica actual sugere que 2022 não será melhor.

Isto não precisa de ser assim. Mas mudar para um melhor caminho obrigará a uma liderança global forte, que de uma vez por todas se abstenha de esperanças vãs.

To continue reading, register now.

As a registered user, you can enjoy more PS content every month – for free.

Register

or

Subscribe now for unlimited access to everything PS has to offer.

https://prosyn.org/sZZgkN2pt