molina2_Jason LarkinConstruction PhotographyAvalonGetty Images_airconditioners Jason Larkin/Construction Photography/Avalon/Getty Images

A refrigeração amiga do clima pode abrandar o aquecimento global

SANTA BARBARA/SAN DIEGO – As ironias das alterações climáticas são frequentemente cruéis. No nosso mundo em aquecimento, por exemplo, a procura de ar condicionado (AC) e refrigerado está a explodir, especialmente nos países em desenvolvimento. Mas o aumento de unidades de AC leva a mais aquecimento, tanto devido aos produtos químicos refrigerantes que contêm como à electricidade que utilizam. Em termos globais, a refrigeração pode ser responsável por metade da procura máxima de electricidade durante a estação quente, cuja duração é cada vez maior.

Um novo relatório da Agência Internacional de Energia (AIE) e do Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUA), baseado em dados recolhidos por uma equipa que co-liderámos, mostra que a transição para uma refrigeração eficiente em termos energéticos e amiga do clima, utilizando refrigerantes que constituam uma menor ameaça para o aquecimento global, é técnica e economicamente viável. A adopção das melhores tecnologias disponíveis tanto para os refrigerantes como para a eficiência energética poderia eliminar o equivalente a um máximo de 460 mil milhões de toneladas métricas de emissões de dióxido de carbono até 2060, uma quantidade igual a oito anos de emissões globais de gases com efeito de estufa. Até 2030, seriam evitadas emissões equivalentes às de quase 1600 centrais eléctricas de média dimensão.

A eliminação dos refrigerantes “superpoluidores” conhecidos como hidrofluorcarbonetos (HFC) é crítica, assim como o aumento da eficiência do equipamento de refrigeração. De outra forma, só as emissões deste sector usariam completamente o “orçamento de carbono” remanescente para limitar o aquecimento global ao limiar “seguro” de 1,5 °C relativamente à época pré-industrial.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

or

Register for FREE to access two premium articles per month.

Register

https://prosyn.org/JGK2W07pt