hydroelectric dam Sia Kambou/AFP/Getty Images

A energia, a Economia e o Ambiente

LONDRES – Para garantir um futuro hipocarbónico e começar a enfrentar o desafio das alterações climáticas, é necessário que o mundo invista mais em energias renováveis. Como é que podemos atingir este objectivo? Nenhum sistema de produção de energia é perfeito, e até mesmo os projectos de energia "verde" (em razão da sua pegada geográfica) devem ser cuidadosamente gerido para atenuar a "expansão energética" e os efeitos conexos nas paisagens, rios e oceanos.

A energia hidroeléctrica proporciona um dos exemplos mais claros de como a localização das infra-estruturas de energias renováveis pode ter consequências não intencionais. A electricidade produzida em barragens é actualmente a maior fonte de energia renovável do planeta, fornecendo cerca de duas vezes mais energia do que o conjunto de todas as outras energias renováveis. Mesmo com a expansão em grande escala de projectos de energia solar e eólica, a maioria das previsões pressupõe que a concretização dos objectivos mitigação das alterações climáticas a nível mundial exigirá, pelo menos, um aumento de 50% na capacidade da energia hidroeléctrica até 2040.

No entanto, apesar da promessa da energia hidroeléctrica, é necessário ter em consideração as consequências económicas e ecológicas significativas sempre que se procede à instalação de barragens. Os obstáculos que restringem o fluxo da água são particularmente perturbadores para a pesca em águas interiores, por exemplo. Anualmente, são capturadas mais de seis milhões de toneladas de pescado em bacias hidrográficas que têm prevista a execução de projectos de energia hidroeléctrica. Sem um planeamento adequado, tais projectos poderiam colocar em risco uma fonte essencial de produção de alimentos e de rendimento para mais de 100 milhões de pessoas.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To access our archive, please log in or register now and read two articles from our archive every month for free. For unlimited access to our archive, as well as to the unrivaled analysis of PS On Point, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/3zJpnMm/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.