A man looks at his phone near a giant image of the Chinese national flag Greg Baker/Getty Images

China: o gigante digital

XANGAI – A China afirmou-se solidamente como líder global nas tecnologias digitais orientadas para o consumidor. É o maior mercado mundial para o comércio electrónico, responsável por mais de 40% das transacções globais, e é um dos três principais países no investimento de capital de risco em veículos autónomos, impressão 3D, robótica, drones e inteligência artificial (IA). Um em cada três unicórnios (start-ups avaliadas em mais de mil milhões de dólares) é chinês, e os fornecedores chineses na nuvem detêm o recorde mundial da eficiência computorizada. Embora a balança comercial da China relativamente a serviços seja globalmente deficitária, ultimamente o país tem apresentado um superávite comercial nos serviços digitais que ascende a 15 mil milhões de dólares por ano.

A sustentar a evolução notável da China na economia digital estão gigantes da Internet como a Alibaba, a Baidu e a Tencent, que comercializam os seus serviços numa escala gigantesca, e que trazem novos modelos de negócio ao mundo. Conjuntamente, estas três empresas têm entre 500 a 900 milhões de utilizadores activos mensais, nos seus sectores respectivos. A sua ascensão foi facilitada por uma regulamentação mínima (ou tardia, para ser mais correcto). Por exemplo, os reguladores só definiram limites para o valor das transferências de dinheiro on-line 11 anos depois do lançamento do serviço pela Alipay.

Actualmente, estas empresas da Internet usam as suas posições para investirem no ecossistema digital da China – e no emergente grupo de empreendedores tenazes que cada vez mais o definem. A Alibaba, a Baidu, e a Tencent financiam, no seu conjunto, 30% das maiores start-ups da China, como a Didi Chuxing (50 mil milhões de dólares), a Meituan-Dianping (30 mil milhões de dólares), e a JD.com (56 mil milhões de dólares).

To continue reading, please log in or enter your email address.

To access our archive, please log in or register now and read two articles from our archive every month for free. For unlimited access to our archive, as well as to the unrivaled analysis of PS On Point, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/NULrF0T/pt;

Handpicked to read next

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.