Issouf Sanogo/AFP/Getty Images

Por que razão África deve ficar sem numerário

YAMOUSSOUKRO — Ultimamente a Índia tem prosseguido um objectivo ambicioso: uma economia sem numerário. Apesar dos erros e das frustrações iniciais, esta solução constituirá uma mudança para melhor para os 1,31 mil milhões de habitantes do país. África deve estabelecer um objectivo semelhante — e dar o primeiro passo através da instituição de uma união monetária.

Naturalmente, alcançar uma sociedade sem numerário não constitui um fim em si. Pelo contrário, é um meio de ajudar a promover a inclusão financeira, a segurança e a prosperidade.

Actualmente, estima-se que 326 milhões de africanos — 80% da população adulta do continente — não utilizam serviços financeiros formais ou informais. No entanto, esconder o dinheiro colchão não é uma forma de salvaguardar as poupanças das famílias, nem, muito menos, permite que as famílias acumulem capital suficiente para fugir da pobreza crónica.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To read this article from our archive, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/DiVWD4S/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.