Getty Images

A crise da água que o homem provocou em África

SINGAPURA – Há cerca de uma década, numa reunião de autarcas sul-africanos convocada por Lindiwe Hendricks, na altura a ministra para a água e questões ambientais, previmos que uma crise da água sem precedentes atingiria uma das principais cidades do país no prazo de 15 anos, a menos que as práticas de gestão de água melhorassem significativamente. Essa previsão concretizou-se agora, com a Cidade do Cabo a enfrentar o encerramento da sua rede de água canalizada. O importante agora consiste em saber se os líderes Africanos permitirão que se materialize a nossa outra projecção, que prevê que nos próximos 25 a 30 anos muitas outras cidades do continente enfrentarão crises semelhantes.

Há muito que África se debate com a gestão das águas e águas residuais urbanas. Enquanto a população do continente aumentou rapidamente, desde perto de 285 milhões em 1960 até os quase 1300 milhões da actualidade, a premência do desafio não deixou de crescer. E estas tendências devem intensificar-se: em 2050, a população total do continente deverá exceder os 2,5 mil milhões de habitantes, com 55% a viver em ambientes urbanos.

O desafio enfrentado pelos países africanos pode não ser único, mas não deixa de ser inédito. Afinal, nos países ocidentais, a urbanização ocorreu durante um período muito mais alargado, e foi enquadrada por condições económicas em melhoria constante. Para construírem sistemas eficazes para a gestão das águas e águas residuais, as cidades dispuseram de fundos adequados ao investimento e de conhecimentos relevantes.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To access our archive, please log in or register now and read two articles from our archive every month for free. For unlimited access to our archive, as well as to the unrivaled analysis of PS On Point, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/POHOuIs/pt;

Handpicked to read next

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.