Skip to main content

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated Cookie policy, Privacy policy and Terms & Conditions

brazilian economy MAURICIO LIMA/AFP/Getty Images

Como consertar a economia brasileira

SÃO PAULO – O Brasil aproxima-se das eleições mais importantes desde o fim do regime militar há mais de três décadas. Enquanto a política brasileira demonstra preocupante disfuncionalidade, o resultado da eleição vai ser definido pela agenda econômica do próximo governo.

Um dos desafios mais sérios para o Brasil é o crescimento anêmico da produtividade, que tem limitado o potencial de crescimento do país. Com a produção por empregado aumentando apenas 0,7% ao ano, em média, desde meados dos anos 1990, mais da metade do crescimento da renda per capita ao longo das últimas duas décadas deriva de um crescimento na parcela da população economicamente ativa. Esse motor do crescimento da renda, porém, vai parar em breve, devido ao rápido envelhecimento populacional.

O fraco crescimento da produtividade reflete em parte a falta de abertura comercial, que limita o acesso de empresas brasileiras a insumos e tecnologias estrangeiros, assim como barreiras a uma competição doméstica efetiva. Além disso, a fraca infraestrutura de logística, os regimes tributários estaduais diferenciados e os subsídios para empresas específicas permitem que firmas menos competitivas possam sobreviver e manter recursos, reduzindo a produtividade média.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

Get unlimited access to PS premium content, including in-depth commentaries, book reviews, exclusive interviews, On Point, the Big Picture, the PS Archive, and our annual year-ahead magazine.

https://prosyn.org/sZYyZWjpt;

Handpicked to read next

Brazilian Central Bank president-designate Ilan Goldfajn Brazilian Central Bank president-designate Ilan Goldfajn

Burying the Legal Ghosts of Brazil’s Hyperinflation

Camila Villard Duran & Arnoldo Wald

Three decades after a series of failed stabilization policies wiped out many Brazilians' savings, a legal fight over compensation appears to be nearing an end. But more than a long-awaited payday for some one million claimants, the restitution will also mark an end to Brazil's seemingly endless war on hyperinflation.

  1. haass107_JUNG YEON-JEAFP via Getty Images_northkoreanuclearmissile Jung Yeon-Je/AFP via Getty Images

    The Coming Nuclear Crises

    Richard N. Haass

    We are entering a new and dangerous period in which nuclear competition or even use of nuclear weapons could again become the greatest threat to global stability. Less certain is whether today’s leaders are up to meeting this emerging challenge.

    0