Garment workers in Bangladesh Jonathan Saruk/Getty Images

Empoderar as trabalhadoras têxteis de Bangladesh

DACA –Ao longo de quatro décadas, a indústria do vestuário tem alimentado a economia de Bangladesh e proporcionado muitos mais postos de trabalho do que qualquer outro setor. As mulheres, em particular, beneficiaram com este boom na contratação e, hoje, a maioria dos quatro milhões de trabalhadores do setor é do sexo feminino.

Mas embora o comércio de têxteis tenha colocado dinheiro nas carteiras das mulheres e desafiado uma sociedade patriarcal a evoluir, o empoderamento económico não melhorou significativamente a igualdade de género e o bem-estar das mulheres. Pelo contrário, as mulheres que trabalham na maior indústria de Bangladesh estão agora numa situação de risco em duas frentes –em casa e no emprego.

Embora se tenha escrito muito sobre a exploração na indústria do vestuário, existe uma escassez de dados em relação às implicações, a nível de saúde e de segurança, para as mulheres neste setor. A nossa organização, icddr,b - International Centre for Diarrhoeal Disease Research, Bangladesh (Centro Internacional de Pesquisas de Doenças Diarreicas, Bangladesh), está a trabalhar no sentido de mudar esse cenário. Numa série de estudos recentes, explorámos os problemas de saúde e bem-estartanto físicos como emocionais –com os quais se deparam as mulheres que fabricam roupa que nunca serão capazes de pagar.

To continue reading, register now.

Subscribe now for unlimited access to everything PS has to offer.

Subscribe

As a registered user, you can enjoy more PS content every month – for free.

Register

https://prosyn.org/qDtx9wept