Skip to main content

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated Cookie policy, Privacy policy and Terms & Conditions

woetzel12_DuKaiGettyImages_tokyostreetpeople DuKai/Getty Images

Chegou o mundo asiatizado

XANGAI – No século XIX, o mundo foi europeizado. No século XX, foi americanizado. Agora, está a ser asiatizado – e muito mais depressa do que se possa pensar.

A ascensão da Ásia tem sido rápida. Lar de mais de metade da população mundial, a região passou do estatuto de rendimento baixo para rendimento médio numa só geração. É provável que até 2040 gere mais de 50% do PIB mundial e poderá representar quase 40% do consumo global.

Uma nova investigação do McKinsey Global Institute mostra até que ponto o centro de gravidade global está a deslocar-se para a Ásia. Hoje, a região tem uma percentagem mundial crescente de comércio, capital, pessoas, conhecimento, transportes, cultura e recursos. Dos oito tipos de fluxos transfronteiriços globais, apenas os resíduos estão a fluir na direção oposta, refletindo a decisão da China e de outros países asiáticos de reduzir as importações de lixo proveniente de países desenvolvidos.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

Get unlimited access to PS premium content, including in-depth commentaries, book reviews, exclusive interviews, On Point, the Big Picture, the PS Archive, and our annual year-ahead magazine.

https://prosyn.org/g80fcFHpt;