Serão os serviços os novos fabricantes?

PRINCETON – Recentemente verificou-se um volte-face no debate mundial sobre o crescimento no mundo em desenvolvimento. A propaganda e a emoção dos últimos anos sobre a perspectiva de uma recuperação rápida do atraso em relação às economias avançadas evaporaram-se. Poucos analistas sérios ainda acreditam que a espectacular convergência económica vivida pelos países asiáticos, e de modo menos espectacular pela maioria dos países da América Latina e de África, se mantenha nas próximas décadas. É pouco provável que se mantenham as taxas de juro reduzidas, os preços elevados dos produtos de base, a rápida globalização e a estabilidade do pós-Guerra Fria que sustentaram este período extraordinário.

Uma segunda realização fez-se sentir: os países em desenvolvimento precisam de um novo modelo de crescimento. O problema não reside apenas no facto de que precisam afastar-se da sua dependência em relação às entradas inconstantes de capitais voláteis e aos booms dos produtos de base, que muitas vezes os deixaram vulneráveis a choques e susceptíveis a crises. Mais importante, a industrialização orientada para a exportação, o caminho historicamente mais certo para a riqueza, poderá ter encerrado o seu ciclo.

Desde a Revolução Industrial, a indústria transformadora tem sido a chave para o rápido crescimento económico. Os países que acompanharam e eventualmente ultrapassaram a Grã-Bretanha, como a Alemanha, os Estados Unidos da América e o Japão, fizeram-no erguendo as suas indústrias transformadoras. Após a Segunda Guerra Mundial, houve dois períodos de rápida convergência económica: um na periferia da Europa, durante as décadas de 1950 e 1960, e outro na Ásia Oriental, a partir da década de 1960.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To access our archive, please log in or register now and read two articles from our archive every month for free. For unlimited access to our archive, as well as to the unrivaled analysis of PS On Point, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/vxqOhk4/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.