delong228_darren415_getty images_dollars Darren415/Getty Images

O que estão pensando os novos falcões da inflação?

BERKELEY – Em 1992, Lawrence H. Summers, na ocasião, economista-chefe do Banco Mundial, e eu advertimos que empurrar a meta da inflação anual do Federal Reserve dos EUA para de menos de 4% para 2% poderia causar grandes problemas. Não apenas a meta de 4% não estava produzindo nenhum descontentamento, mas uma meta de 2% aumentaria o risco de a política de taxa de juros do Fed atingir o limite inferior zero.

Nossas objeções foram ignoradas. O presidente do Fed, Alan Greenspan, reduziu a meta de inflação para 2%, e desde então estamos pagando por isso. Há muito tempo penso que muitos de nossos problemas econômicos desapareceriam se pudéssemos reajustar os mercados de ativos de forma a tornar uma taxa de fundos federais de 5% consistente com o pleno emprego no estágio final de um ciclo de negócios.

Existem três maneiras de se fazer isso. Uma é aumentar a meta de inflação de volta para a faixa de 4% que prevaleceu durante o mandato do presidente do Fed, Paul Volcker. Outra é impulsionar a demanda de modo que uma taxa de fundos federais de ciclo tardio de 5% ainda seja consistente com fortes investimentos. E uma terceira opção é inundar o mercado com ativos seguros do Tesouro, de modo que o prêmio do preço dos ativos seguros sobre os títulos do Tesouro caia, permitindo assim que a taxa dos fundos federais de ciclo tardio aumente.

To continue reading, register now.

Subscribe now for unlimited access to everything PS has to offer.

Subscribe

As a registered user, you can enjoy more PS content every month – for free.

Register

https://prosyn.org/orUpnFlpt