Pro-Europe supporters in front of UK supreme court Leon Neal/Getty Images

A Era da Hiperincerteza

BERLIM – O ano de 2017 marcará o 40º aniversário da publicação de A Era da Incerteza de John Kenneth Galbraith. Quarenta anos é muito tempo, mas vale a pena olharmos para trás e lembrar-nos daquilo que Galbraith e os seus leitores consideravam ser incerto.

Em 1977, quando Galbraith escreveu, o mundo recuperava ainda dos efeitos do primeiro choque petrolífero da OPEP, e perguntava-se se sofreria mais algum (como sofreu). Os Estados Unidos confrontavam-se com o abrandamento do crescimento e aceleração da inflação, ou estagflação, um problema novo que levantou questões sobre a competência dos responsáveis políticos e a adequabilidade dos seus modelos económicos. Entretanto, os esforços para reconstruir o sistema monetário internacional de Bretton Woods ruíram, lançando uma sombra sobre as perspectivas para o comércio internacional e para o crescimento económico global.

Por todas estas razões, a idade de ouro da estabilidade e previsibilidade do terceiro quartel do século XX parecia ter terminado bruscamente, para ser seguida por um período de incerteza grandemente ampliada.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To read this article from our archive, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles from our archive every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/6pU2UIX/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.