Nigerian women Chris Hondros/Getty Images

Melhorar a saúde das mulheres africanas através da inclusão financeira

ACRA – No final de Outubro, o Serviço Regional para África da Organização Mundial de Saúde assinou um acordo com a União Internacional de Telecomunicações (UIT) das Nações Unidas. O objectivo desta parceria improvável é incentivar a utilização de serviços digitais "para salvar vidas e melhorar a saúde das pessoas". Contudo, a característica mais inovadora do pacto é talvez o voto de combinar estratégias de inclusão financeira com uma prestação de cuidados de saúde moderna.

A inclusão financeira é uma via reconhecida para melhorar a saúde das pessoas, especialmente a saúde das mulheres nos países em desenvolvimento. As mulheres que conseguem ter acesso fácil a contas bancárias ou a opções de pagamento em numerário tendem a investir mais nas suas empresas e famílias. Por sua vez, vivem vidas mais saudáveis e gratificantes.

No entanto, muitas vezes, as iniciativas como a que foi assinada em Outubro incidem sobre um destes dois aspectos: saúde em linha ou produtos financeiros como seguros. Uma vez que a capacidade dos africanos para ganhar e poupar dinheiro pode ser a diferença entre uma prestação de cuidados de saúde adequada e a ausência total de prestação de cuidados de saúde, isto representa uma oportunidade perdida para ajudar os doentes e construir comunidades mais resiliente.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To read this article from our archive, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

Help make our reporting on global health and development issues stronger by answering a short survey.

Take Survey

http://prosyn.org/beTgFCX/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.