solar power africa Isaac Kasamani/AFP/Getty Images

Impulsionar a transformação de África

CIDADE DO CABO/LAGOS - A África tem um futuro brilhante pela frente. A produtividade e o crescimento irão melhorar na medida em que as economias africanas continuarão a dar mais ênfase aos serviços e à produção, a prosseguir na produção de produtos de base e a obter resultados rápidos na agricultura e na indústria ligeira.

Mas o sucesso dos países africanos pressupõe que produzem e geram energia de forma sustentável para acompanhar a procura crescente. Nos próximos 35 anos, a população da África continuará a crescer, prevendo-se que 800 milhões de pessoas do continente se desloquem para as cidades. E os africanos já estão desproporcionalmente expostos aos efeitos adversos das alterações climáticas, apesar de serem colectivamente responsáveis por menos de 4% das emissões mundiais de gases com efeito de estufa.

As áreas urbanas terão de reduzir as pressões ambientais através da promoção de sistemas energéticos hipocarbónicos, transportes colectivos eléctricos e iniciativas de eficiência energética, bem como da utilização de combustíveis de cozinha mais limpos. E as áreas rurais são susceptíveis de criar novas oportunidades de redução da necessidade de migração urbana, expandindo os sistemas de energia renovável e o acesso à energia.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

Get unlimited access to PS premium content, including in-depth commentaries, book reviews, exclusive interviews, On Point, the Big Picture, the PS Archive, and our annual year-ahead magazine.

http://prosyn.org/MXe16dh/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.