morawczynski1_GettyImages_bluemapofafrica Getty Images

A oportunidade do trabalho temporário em África

TORONTO – O crescimento das plataformas digitais em África pode proporcionar novas oportunidades para colmatar o fosso que existe actualmente entre o trabalho informal, frequentemente inseguro, e o emprego formal. As regalias portáveis, ao acompanharem os trabalhadores independentes nos seus sucessivos trabalhos temporários, poderiam impulsionar esta transição.

Já existem cerca de 300 plataformas digitais activas em África, que empregam perto de cinco milhões de trabalhadores. Uma delas é a empresa de comércio electrónico Jumia, que foi constituída na Nigéria e que hoje exerce actividade em 14 países do continente.

A ascensão destas plataformas veio intensificar o debate sobre a falência do contrato de trabalho tradicional e a persistência do emprego informal generalizado em África. Esta transferência aumenta o risco de salários mais baixos e de trabalho de qualidade inferior. Também restringe o acesso dos trabalhadores a regalias críticas, como as baixas por doença, os seguros de saúde, as indemnizações a trabalhadores e os planos de poupança-reforma financiados por empregadores.

To continue reading, register now.

As a registered user, you can enjoy more PS content every month – for free.

Register

or

Subscribe now for unlimited access to everything PS has to offer.

https://prosyn.org/wiDFRzBpt