7

Enfrentar o Desafio do Crescimento Americano

BERKELEY – Os Estados Unidos continuam a recuperar da mais profunda crise económica que afectou o país desde a Grande Depressão, mas o ritmo dessa recuperação continua frustrantemente lento. Há várias razões para prever que se registe uma ligeira melhoria em 2013, embora, como de costume, existam riscos de agravamento da situação.

As principais fontes externas de eventuais perigos assentam numa recessão prolongada ou numa crise financeira na Europa e no crescimento mais lento nos mercados emergentes. A nível interno, o conflito político é responsável pelos dois maiores riscos: a incapacidade de se chegar a acordo para elevar o limite da dívida e um ciclo adicional de contracção orçamental que dificulta o crescimento económico.